Quais os requisitos e como receber R$ 400 do Auxílio Brasil em novembro ?

Quais os requisitos e como receber R$ 400 do Auxílio Brasil em novembro?
Quais os requisitos e como receber R$ 400 do Auxílio Brasil em novembro?

Quais os requisitos e como receber R$ 400 do Auxílio Brasil em novembro?

O Auxílio Brasil é o novo programa do governo de distribuição de renda com o objetivo de substituir o Bolsa Família, segundo informações do governo o novo programa será mais justo e poderá pagar um valor bem superior ao do atual programa social.

Atualmente o Bolsa Família paga um valor médio de R$ 190 a 14,7 milhões de famílias, contudo, segundo o governo é um programa injusto pelo seu valor, além disso, existem famílias que recebem menos de R$ 100 e famílias que recebem mais de R$ 500.

Contudo, quanto ao Auxílio Brasil, o mesmo deverá pagar um valor médio de R$ 400 e atenderá cerca de 17 milhões de pessoas, zerando assim a fila de espera de pessoas inscritas no CadÚnico que possuem direito de receber o Bolsa Família e estavam aguardando a liberação do programa.

Este novo programa previsto para ser iniciado em novembro é um dos assuntos mais falados no momento, e como tudo que é novo, muitas duvidas estão surgindo.  Se você tem duvidas sobre os requisitos, confira as informações a seguir:

Requisitos para receber o Auxílio Brasil

Ainda não há uma confirmação dos requisitos necessários para o Auxílio Brasil, contudo, acredita-se que o mesmo terá como base as exigências do Bolsa Família, assim as exigências devem continuar as mesmas.

O Governo Federal informou que para ter acesso ao Auxílio Brasil, a família precisará estar inscrita no Cadastro Único (CadÚnico). Quem não estiver na base de dados sociais do governo não receberá o benefício.

Para receber as famílias devem se enquadrar nas seguintes regras:

  • Famílias em situação de pobreza: com renda familiar por pessoa entre R$ 89 e R$ 178;
  • Famílias em situação de extrema pobreza: com renda familiar por pessoa de até R$ 89.

Pessoas que moram sozinhas podem ser cadastradas. Elas constituem as chamadas famílias unipessoais.
Pessoas que vivem em situação de rua, sozinhas ou com a família, também podem ser cadastradas. Nesta caso, é preciso procurar algum posto de atendimento da assistência social e perguntar como fazer para ser incluído no Cadastro Único.

Você estando dentro dos critérios poderá se dirigir ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de sua cidade.

Todos os beneficiários do Bolsa Família receberão o Auxílio Brasil em automático, no caso dos inscritos do CadÚnico que não recebem o benefício, esse público deve começar a receber até dezembro.

Como fazer a Inscrição

O processo de inscrição do Auxílio Brasil exigirá apenas que as famílias sejam inscritas no Cadastro Único de Informações Sociais (CadÚnico). Sendo necessário:

  • Ter uma pessoa responsável pela família para responder às perguntas do cadastro. Essa pessoa deve fazer parte da família, morar na mesma casa e ter pelo menos 16 anos.
  • Para o responsável pela família, de preferência uma mulher, é necessário o CPF ou Título de Eleitor.
  • Exceção: no caso de responsável por famílias indígenas e quilombolas, pode ser apresentado qualquer um dos documentos abaixo. Não precisa ser o CPF ou o Título de Eleitor.

Com os documentos em mãos, o responsável pelo grupo familiar deverá estar com os seguintes documentos de todos os membros da família, sendo eles:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor.

Com os documentos em mãos, basta se dirigir ao CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) do seu município para se inscrever no programa. Vale lembrar que além do Auxílio Brasil as famílias podem ser contempladas com os seguintes benefícios:

  •  Programa Minha Casa, Minha Vida
  •  Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental
  •  Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​
  •  Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência;
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos.

>>Confira quem recebe o auxílio emergencial nesta terça-feira (26)

*Jornal Contábil

Deixe um comentário