85 mil segurados podem perder benefício

INSS: 85 mil segurados podem perder benefício
INSS: 85 mil segurados podem perder benefício

INSS: 85 mil segurados podem perder benefício

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) realizou um pente-fino para convocar segurados que recebem o auxílio-doença e ainda não passaram por perícia médica há pelo menos seis meses. Essas pessoas têm até a próxima quinta-feira (11) para agendar o procedimento.

O INSS convocou 95.588 beneficiários para passar por pente-fino no final de setembro, porém, somente 10.397 marcaram o exame. Desta forma, 85.191 segurados podem ficar sem receber o dinheiro se não agendar a perícia médica no prazo determinado. Quem não fizer a perícia o benefício por incapacidade será suspenso.

As pessoas que não receberam carta ou comunicado do INSS para passar por perícia médica revisional deve consultar o edital de convocação que pode ser acessado pela internet no endereço https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/edital-de-convocacao-347888278

Como agendar a perícia médica

O segurado para agendar a perícia médica deve ligar para a central de atendimento do INSS pelo telefone 135 (de segunda a sábado, das 7 horas às 22 horas). Também é possível marcar pelo site ou aplicativo Meu INSS, clicando em “Agendar Perícia”.

No dia marcado para o atendimento pelo Instituto, você deverá apresentar os seguintes documentos:
carteira de identidade, CPF, laudo médico contendo CID (Classificação Internacional de Doença) e a descrição da doença e exames médicos recentes que comprovem a doença.

Geralmente o resultado sai no mesmo dia que a pessoa fez o exame. A informação fica disponível após às 21 horas no site ou aplicativo. Quem não tem acesso a internet poderá saber o resultado liga para o número 135.

Benefício cancelado ou suspenso

O segurado tem até a próxima quinta-feira (11) para agendar a perícia médica, quem não realizar o procedimento, terá seu benefício sus O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) realizou um pente-fino para convocar segurados que recebem o auxílio-doença e ainda penso nos primeiros 30 dias. Ele poderá ser cessado após 60 dias. Segundo o Instituto do Seguro Social (INSS), até o dia 29 de outubro, 63.395 perícias foram feitas em todo o país.

Quem recebe o auxílio-doença há mais de dez anos podem ser convocados para passar pelo pente-fino, mesmo os que tiveram os benefícios concedidos de forma judicial, sem data para a suspensão do pagamento também podem ser convocados.

No entanto, estão fora do pente-fino os aposentados por invalidez e os pensionistas com mais de 60 anos, também os que recebem o benefício há 15 anos ou mais e têm 55 anos de idade, além dos portadores de HIV.

Quem não tem condições de ir ao posto do INSS pode agendar pela central 135 a perícia em casa ou no hospital, em caso de internação.

>>Confira as vagas do SineBahia para Salvador e RMS nesta segunda-feira

*Jornal Contábil

Deixe um comentário